Procura-se traficante.

A: O que tu quer?

B: Tudo.

A: Tu não pode ter tudo. Na verdade, tu não quer nada.

B: Ok, eu não quero nada. Eu tenho tudo.

A: Não tem amor.

B: Amor é químico; Aspirina, também.

A: Se fosse químico, tu não tava nessa merda.

B: Se amor não fosse uma merda, eu não precisaria de tanta química.

A: Tu não precisa de química.

B: Preciso do que, então?

A: Precisa amar.

B: Não amo ninguém.

A: Mentira. Só fala de amor.

B: Da falta de amor.

A: Viu? Não é química! Tu precisa.

B: É química. E eu preciso dessa quimíca, então.

A: E porque tu não procura?

B: Porque esse traficante não existe.

Anúncios

61 Respostas to “Procura-se traficante.”

  1. dani Says:

    Me identifiquei… achei incrivel as comparações simples que você consegue fazer, mas que dão sentido ao texto. “Esse traficante não existe” me impressionou. Parabéns Tavares, sempre me fazendo pensar meus sentimentos de outros modos. adorei.

  2. Caetanodorock Says:

    que bosta hein tavares !

  3. @helleenf Says:

    Cada vez me impressiono mais com a simplicidade acompanhada da intensidade dos teus textos, das coisas que tu escreve. Sou tua fã, e tenho orgulho de ti. Adíos! ♥

  4. Rayssa Says:

    Novidade, ficou FODA!

  5. Adriana Says:

    Foda como sempre…

    Tava com saudade de te ler.

    beijos,T.

  6. @_dinhaa Says:

    Que bom que postou. Fico esperando pelos seus textos. *-*

  7. euqueromorarnasuarua Says:

    é bem por aí..

  8. @letiifob Says:

    E eu quero esse traficante. E eu quero essa química. Mas eu só tenho a aspirina.

  9. Dan Says:

    É, no caso, esse traficante domina o morro da alma da gente.

  10. @gaahmelo Says:

    Exatamente, bastante tempo que não escreve né, Tavares.

    Procuraremos o traficante até o fim.

  11. diohannes Says:

    Apesar da viagem, ficou muito bala!

  12. Kuky Says:

    Quase um espelho. Passa o tempo e nós dois sempre iguais, sempre diferentes. Por que não é mais fácil acreditar que o amor não existe? Às vezes penso que eu esqueci o rosto do amor, mas lembro exatamente da sombra que ele faz… bem maior que eu.
    Eu te amo, urso.

  13. @MarcelaNxzero Says:

    Fodástico !

  14. cutelifesoundfematic Says:

    Na verdade o amor não é uma droga. É um vício, mas não uma droga. Droga são as pessoa que fazem disso um sofrimento.

    Tá lindo, Tavares 🙂

  15. Ana Stiehl Says:

    É pura química e mesmo assim inexplicável.

  16. annecarolinegf Says:

    tu fala muito de amor, da falta de amor. Pura verdade.

  17. Caroline C.S. Says:

    Caraaaaaaaaca!
    Arrasou! *–*
    Amei!

  18. andrhee Says:

    PAvoro muito, parabens !!

  19. samara Says:

    TAVARES ficou foda. dá-lhe LINDÃO!

  20. bootsmadeforwalking Says:

    o lance é NÃO PENSAR.
    deixar até os pensamentos com a extrema liberdade de quem ainda não quer desistir, mas também não quer mais lamentar.

    a liberdade é o efeito que a química não nos deixa alcançar (embora fosse muitas vezes essa a intenção)

    seja sempre leve.

  21. nmelzer Says:

    Pois é, não existe.

  22. @usernameidiota Says:

    Tá bem você esse texto, mas também me lembro de mim, só reclamando dessa falta de amor, não conseguindo entender, procurando onde vende!

    Tá ótimo *-* Posta mais!

  23. Clementejuniior Says:

    Os seus textos tem um formato que me atraem muito. Belo escrito.

  24. Amanda Says:

    Como todos os outros… Foda demais!!
    E, é assim mesmo!!
    Parabéns Tavares!!

  25. Ana paula Says:

    SABE QUANDO TU FICA TÃO FELIZ E SENTE TAL ORGULHO QUE CHEGA A VIM UM SORRISO ESPONTANEO? CADA VEZ QUE EU VEJO ALGO DO TAVARES ACONTECE ISSO COMIGO, NINGUÉM SE ORGULHA MAIS DO QUE EU QUE ACOMPANHO O TAVARES DESDE ANTES DELE ENTRAR NA FRESNO, TANTO É QUE FUI UMA DAS PRIMEIRAS PESSOA A SEGUIR ELE NO TWITTER. PARABÉNS TAVIS.

  26. Artur Oliveira Says:

    mto bom!

  27. Rebeca Rayane Says:

    Na verdade, o traficante é o destino.

  28. Amanda Bergamini Says:

    Também preciso desta quimica … pena que o traficante não existe

    Tavares sempre escrevendo e arrasando!

    te adimiro!

    beijão!

  29. Amanda F. Says:

    Tavares, parabéns por tudo!! Tudo mesmo!!
    Seus textos… Sem palavras.

    Gosto muito dos diálogos de A e B que tu escreve.
    Gostei muito e comecei a escrever um também. Foi meio que automático. Na dia que eu li os teus, fiquei com aquilo na cabeça o dia inteiro. De madrugada comecei a escrever.

    Parabéns por tudo!!

  30. A.P. Says:

    Você é genial *-* de verdade!

  31. @Raiane_Oliveira Says:

    Só existe traficante para drogas biologicamente desnecessárias, infelizmente.

  32. diaboloiro23 Says:

    Na verdade nada, é uma palavra esperando, tradução.

  33. segredosdeliquedificador Says:

    O pior é quando mesmo sabendo que não existe, buscamos esse traficante.

  34. antaobarros_ Says:

    Tavares! so fan da Fresno, e curto tuas músicas tbm! Po teus textos são muito phoda! parabéns!

  35. Júlia Rosés Says:

    Parabéns Tavares! Adoro te ler, todos os dias!

  36. Amanda Says:

    sei que tô meia atrasadinha kkkkkk , mais claro que você já sabe disso você é moto irado , sem explicaçõeeees contiinuue escrevenndo ! te amo sí mto :*

  37. Duda Rangel Says:

    A gente acredita que o amor é responsavel desde os nossos primeiros estimulos cardiacos até nossos motivos egoístas para acordar de ressaca numa puta segunda feira braba! É ópio, é morfina …é “Lispectoriano”; essa mania de amar ainda nos leva longe (:
    gostei dos teus escritos.

  38. Anne Says:

    Escreve mais poxa :/

  39. Isabela Ferreira Costa Says:

    Amor, amor, tua presença é tão doce quanto o amar-go da tua falta.

  40. Jenny Dias. Says:

    não se faz mais bons traficantes

  41. Letícia Luz Says:

    enquanto esse traficante não aparece, vou me virando com chocolate, que, bem lá no fundo, não deixa de ser uma quimica.

  42. Nathália Says:

    Sua analogia ficou linda

  43. - Says:

    cadê você?

  44. Jocasta Says:

    É bem assim. rs

  45. Alguém aqui Says:

    Diálogos consigo mesmo?!! Tá muito viciado MESMO.

  46. Ananda Vasconcelos Says:

    Por mais que eu cante, escreva, toque… Não vai dar

  47. @quimemo Says:

    Quando acha-lo me informe =\.

  48. @quimemo Says:

    Quando acha-lo me informe =\, Adiós Esteban!. #DalheTavares

  49. somewords Says:

    Quanta bobagem!
    A falta de amor, a insegurança e a ansiedade nos fazem escrever e pensar coisas tão idiotas, né?
    Antes, sempre admirei quem escreve sobre sentimentos sem demonstrar sojeito. Hoje admiro aqueles que não escrevem, pois sentem-se completos, dentro e fora de seus pensamentos.
    Estaria mentindo se dissesse que gostei de seus textos, mas não é culpa tua, é minha, que encontrei a felicidade.
    Espero pelo dia em que não mais escreverá em um blog/fotolog/afins, para que eu saiba que aquele músico enfim é feliz.

  50. crystian Says:

    Existe sim! Se chama Jesus! Mais não é um traficante pq ele te da amor de graça, sem química.

  51. Mariana Peretti ☮ (@maaarii) Says:

    Eu amo esse texto.

  52. silenciodeinverno Says:

    http://silenciodeinverno.wordpress.com/ ;}

  53. gabiifonseca Says:

    gostei de verdade 😉

  54. Sarah Says:

    Genial!!!!!!!

  55. umwordpressqualquer Says:

    Reblogged this on Passageira de algum trem.

  56. dispersautopia Says:

    Reblogged this on dispersautopia.

  57. Jaqueline Bittencourt Says:

    Reblogged this on memoriasfotograficas.

  58. victor Says:

    muito da hora, pode cre

  59. paacwoman Says:

    Reblogged this on Papel Amassadoe comentado:
    Quem encontrar será recompensado…

  60. Ana Vargas Says:

    Reblogged this on Riscos na mesa de um bar..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: